SBMT lamenta falecimento da Professora Angela Restrepo Moreno

Publicação: 5 de fevereiro de 2022

Angela Restrepo Moreno continua viva entre nós!

Em 3 de Fevereiro de 2022, despedimo-nos da Profa. Angela Restrepo Moreno, Dra
Restrepo como nós a conhecíamos, a papisa da Paracoccidioidomicose, com uma longa
e memorável contribuição para o conhecimento da Paracoccidioidomicose em todos
os seus aspectos epidemiológicos, etiológicos, patogenéticos, diagnósticos, clínicos e
terapêuticos. Publicou mais de 250 trabalhos em revistas internacionais de grande
impacto e mais de 40 capítulos de livro. Em sua homenagem, uma das novas espécies
de Paracocciodioides foi denominada Paracoccidioides restrepiensis.

Dra Restrepo nasceu em Medellin em 28 de Novembro de 1931, iniciando sua carreira
como Técnica em Medicina em 1955. Tornou-se em 1960 Mestre em Microbiologia em
1960 e Doutora em Microbiologia em 1965 pela ‘Tulane University”,. Nova Orleans,
Luisiana, Estados Unidos da América. Foi Professora Titular na Universidade de
Antioquia até 1975, quando se aposentou e se tornou Diretora Científica da
“Corporation para Investigaciones Biologicas”, Medellin, Colombia, de 1978 a 2015.
Além de docente e pesquisadora, colaborou com instituições públicas como o Instituto
Nacional de Salud da Colombia.

Sempre nos encantou sua relação com o “paracoco”, que chamava carinhosamente de
“meu amigo”. Além disso, por onde passasse, seu charme, sabedoria, respeito pelo
próximo e beleza interior atraíam os alunos e professores e outros ao seu redor.

Cumpridora metilosa de suas tarefas, proporcionou-nos o “Coloquio Internacional
sobre la paracoccidioidomicose” no Recinto de Quirama, Medellin, em 1986, no qual
se postulou a “Classificação de formas clínicas da Paracoccidoidomicose” e um
memorável “X International Congress on Paracoccidoidomycosis”, 2008, Medellin,
Colombia”,onde foi possível conhecer outras faces de sua personalidade e admirá-la
ainda mais como cidadã, solidária com seu povo e e defensora de sua pátria.

Dra Restrepo deixou milhares de discípulos na Colombia e no mundo inteiro, incluindo
no Brasil. Todos os que tivemos a felicidade de aprender com ela, temos a tarefa
testemunhar seu respeito pela ciência na busca e transmissão do conhecimento,
assim como sua grande dedicação à sua pátria e a seu povo, como cidadã consciente e
solidária!

Maria Aparecida Shikanai Yasuda