Leishmanioses é tema de encontro internacional em Minas

Publicação: 9 de maio de 2012

noticia-leishmanioses.jpg
Em 2012, o Leishvaccines consolida-se como o único
e mais reconhecido evento em Vacinologia para
Leishmanioses do Mundo
Realizado, sob a égide da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT), ocorre entre 01 e 06 de Setembro, em Ouro Preto/MG, o 2º Simpósio Internacional de Vacinas para Leishmanioses The International Symposium on Leishmaniais Vaccines”, com o acrônimo Leishvaccines, adotado como representativo da sigla do simpósio.

O Leishvaccines 2012 é um evento científico internacional, pluridisciplinar e sem fins lucrativos que busca o avanço da Ciência, Tecnologia e Inovação no mundo e em especial no Brasil. O Simpósio contará com a participação de especialistas de renome internacional e tem como objetivo promover o debate profundo que vincule o desenvolvimento científico, tecnológico e inovação ao planejamento de novos imunobiológicos, candidatos vacinais.

Resultado da iniciativa de um grupo de pesquisadores (parasitologistas, imunologistas, vacinologistas, biotecnologistas, biólogos moleculares e médicos tropicalistas, dentre outros), liderados pelo presidente da SBMT, Dr. Carlos Henrique Nery Costa, o IIº Leishvaccines busca reunir competências de todo mundo em torno da temática “Vacinas para Leishmanioses – Tegumentar e Visceral, Humanas e Caninas, Velho e Novo Mundo”. O objetivo principal constitui em agregar membros da Comunidade Científica mundial que atuam nessa temática, com o intuito de, ao final do evento, gerar uma agenda mundial, visando orquestrar as pesquisas convergentes no desenvolvimento de vacinas para Leishmanioses.

O Professor do Laboratório de Imunopatogia do Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas (NUPEB) da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e do Laboratório de Pesquisas Clínicas da Escola de Farmácia da UFOP, Dr. Alexandre Barbosa Reis, destaca que na oportunidade serão discutidas as tecnologias avançadas empregadas pela Academia, Institutos de Pesquisa e Indústria Farmacêutica, com ênfase em suas aplicações em pesquisas por novas vacinas para Leishmanioses consideradas prioritárias pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Organização Panamericana de Saúde (OPAS), bem como pelo Ministério da Saúde (MS). “Com o firme propósito de contribuir para o avanço contínuo da Vacinologia em nosso País, é esperado que os novos conhecimentos resultem na ampliação das atividades científicas inerentes ao planejamento de novos candidatos vacinais”, aponta.

De acordo com o especialista, o Leishvaccines 2012 pretende contribuir para o entendimento das bases moleculares, imunológicas e imunopatológicas das Leishmanioses; promover a integração do desenvolvimento científico, tecnológico, inovação e a área de saúde humana e novos imunobiológicos para as Leishmanioses; viabilizar o contato mais efetivo entre a comunidade científica nacional com pesquisadores de importantes Instituições internacionais. Além de fortalecer os grupos de pesquisa já existentes e incentivar a criação e nucleação de novos grupos e colaborações; propiciar à comunidade acadêmica brasileira a oportunidade de obtenção de informação especializada em Vacinologia, junto a pesquisadores da maior expressão nacional e internacional, bem como permitir a divulgação dos trabalhos científicos da comunidade de pesquisa.

Reis explica que devido ao sucesso alcançado em 2009 com Iº Leishvaccines, em 2012 para o IIº Leishvaccines a comissão organizadora estendeu o evento a fim de atender um maior número de pesquisadores internacionais, nacionais e principalmente, alunos de pós-graduação do Brasil e do exterior. Neste contexto, dois Cursos Internacionais pré-congresso serão oferecidos nas temáticas: Leishmania and Leishmaniaisis: from immunobiological basis to clinical practices e Biotechnology and Vaccinology for Leishmaniasis. Ainda foram inseridas apresentações orais (15 minutos), visando estimular a participação de jovens pesquisadores (PNPDs, Doutorandos, Mestrandos), cujos resumos tenham sido selecionados pela comissão avaliadora.

Segundo Reis, a criação, divulgação, ampliação e modernização dessa área de pesquisa, em território nacional, são anseios dos pesquisadores dos diversos segmentos que convergem para Vacinologia Clássica e Moderna. Desde a sua criação, o Leishvaccines foi estruturado com características internacionais, contando com a presença de vários pesquisadores renomados, do Brasil e oriundos do exterior. “Em 2012, o Leishvaccines consolida-se como o único e mais reconhecido evento em Vacinologia para Leishmanioses do Mundo. Inova com a realização do primeiro Altos Estudos, dedicado a pesquisadores e estudantes em diferentes áreas do conhecimento, que convergem para Vacinologia para doenças tropicais. Além disso, o Leishvaccines 2012 trará para seu fórum de debate a participação da iniciativa pública e privada”, destaca.

O Público alvo do Leishvaccines 2012 são pesquisadores, professores, alunos de pós-graduação e profissionais da indústria farmacêutica e afins. As áreas de interesse são a Vacinologia, Biotecnologia, Biologia Molecular, Biologia, Bioquímica, Biofísica, Farmácia, Química, Ciências Farmacêuticas, Bioinformática, Imunologia, Parasitologia, Medicina Tropical e áreas relacionadas.

Serviço:
O quê: 2º Simpósio Internacional de Vacinas para Leishmanioses (“The International Symposium on Leishmaniais Vaccines)
Quando: De 01 a 06 de Setembro de 2012
Onde: Centro de Artes e Convenções de Ouro Preto/MG
Informações: www.leishvaccines2012.ufop.br ou pelo email: islv2012@gmail.com