Tropicalistas em Defesa da Democracia

Publicação: 24 de outubro de 2018

A Sociedade Brasileira de Medicina Tropical com a legitimidade de seus 55 anos de existência e intensa participação em diversas iniciativas exitosas brasileiras e internacionais para enfrentamento de doenças tropicais, em grande parte tipificadas por negligência (causa e consequência da pobreza), vem a público reafirmar seu apoio e compromisso incondicionais com a democracia brasileira, o livre pensamento e o respeito à vida.

Descolada de posições políticas ou ideológicas, a Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, em consonância com suas responsabilidades históricas, reitera a sua defesa pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e da Ciência, Tecnologia e Inovação como elementos fundamentais e estratégicos de expressão de direitos e para garantia de desenvolvimento humano e social. Estas políticas públicas traduzem de fato conquistas históricas de todo o País e devem seguir sendo aperfeiçoadas e priorizadas, sempre com forte participação social na construção destas agendas. Ambientes que tenham orientação no autoritarismo desvirtuam estes elementos afastando-os dos verdadeiros interesses do povo brasileiro. A Sociedade Brasileira de Medicina Tropical sempre fundamentou suas ações e relações em um ambiente pleno de cultura de Paz, com respeito à diversidade étnica, cultural, de gênero, de orientação sexual, de posição política ou qualquer outra.
Ressaltamos que nenhum argumento justifica o abandono de um ambiente plenamente democrático. Somos veementemente contra qualquer tipo de manifestação de violência. Defendemos que cabe ao Estado brasileiro, ancorado em seus legítimos poderes, proteger a Constituição e garantir o bem-estar social de sua população.

Nesta perspectiva, diante da singularidade do atual momento, conclamamos associadas(dos) assim como toda a sociedade brasileira para refletirem criticamente e com senso de responsabilidade democrática sobre os caminhos que desejamos trilhar coletivamente nos próximos anos. A Sociedade Brasileira de Medicina Tropical seguirá incansavelmente na sua missão de buscar soluções em diferentes campos do conhecimento para que estas doenças deixem de ser um vergonhoso problema de saúde pública para o Brasil. Por fim, seguirá seu caminho sempre com orientação em valores que refletem a busca de liberdade, equidade e direitos humanos e sociais, em plena democracia.