Inscrições para curso internacional sobre malária em São Paulo encerram dia 31

Publicação: 11 de maio de 2015

Evento contará com a presença de 16 palestrantes brasileiros e estrangeiros

Entre os palestrantes está o diretor do Instituto de Pesquisa em Malária da Universidade Johns Hopkins, Peter Agre, agraciado com o Prêmio Nobel de Química em 2003

Entre os palestrantes está o diretor do Instituto de Pesquisa em Malária da Universidade Johns Hopkins, Peter Agre, agraciado com o Prêmio Nobel de Química em 2003

Um curso internacional sobre uma das principais doenças tropicais atualmente, a malária, será realizado na Universidade de São Paulo (USP) entre os dias 22 de setembro e 2 de outubro deste ano. Com inscrições gratuitas, o curso Escola São Paulo de Ciência Avançada para a Erradicação da Malária será ministrado em inglês e oferece 100 vagas, metade delas destinadas a alunos brasileiros. O público-alvo são alunos de graduação, pós-graduação e pós-doutorandos. Todos os participantes que não morarem na cidade de São Paulo receberão hospedagem e transporte gratuitos.

O evento é uma edição regional do tradicional Science of Eradication: Malaria, resultado de uma colaboração entre a Harvard School of Public Health, Swiss Tropical and Public Health Institute e Barcelona Institute for Global Health. Outras edições já ocorreram em Boston, nos Estados Unidos (2012), em Barcelona, na Espanha (2013), e em Basileia, na Suíça (2014).

As inscrições ficarão abertas até o dia 31 de maio e podem ser feitas aqui. O resultado da seleção será divulgado até o dia 30 de junho.

“Nossa expectativa é que o evento promova a discussão de novos conhecimentos e tecnologias relacionadas ao controle de malária – especialmente no contexto brasileiro –, estimule a produção científica entre jovens pesquisadores e facilite a criação de novas colaborações entre pesquisadores nacionais e internacionais”, explica a doutora em Demografia Márcia Caldas de Castro.

Ainda de acordo com a Drª Castro, serão abordados temas como: novas tecnologias e descobertas na área de medicamentos, vacinas, diagnóstico e métodos de controle, além de discussões sobre as atuais oportunidades e desafios para a erradicação da malária.

O evento acontecerá na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP e contará com a presença de 16 palestrantes brasileiros e estrangeiros em mesas redondas, oficinas, palestras, visitas a laboratórios e atividades práticas.

Para o doutor em Parasitologia Marcelo Urbano Ferreira , o curso internacional é uma oportunidade para inserir os estudantes brasileiros de diferentes níveis (desde a graduação até o doutorado), bem como jovens pesquisadores, em redes internacionais de pesquisa em malária. “Além disso, como o curso é registrado como uma disciplina do Programa de Pós-Graduação em Biologia da Relação Patógeno-Hospedeiro da USP, os alunos que formalizarem sua matrícula nessa disciplina receberão quatro créditos”, explica o especialista.

Entre os palestrantes está o atual diretor do Instituto de Pesquisa em Malária da Universidade Johns Hopkins, Peter Agre, agraciado com o Prêmio Nobel de Química em 2003. Também devem participar o Dr. Marcel Tanner, do Swiss Tropical and Public Health Institute; as doutoras Marcia Castro e Flaminia Catteruccia, da Universidade de Harvard; e o Dr. Rick Fairhurst, do National Institute of Allergy and Infectious Diseases.

Mais informações sobre o curso estão disponíveis, em inglês, no site: http://scienceoferadication.org/courses/science-of-eradication-malaria-brazil/overview/